Pesquisar este blog

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Agora é a vez do PAC do Pará

É muito bom idealizar, construir , ver um projeto nascer, virar obra, virar desenvolvimento, virar emprego e melhorar a vida das pessoas. É o que está acontecendo no Pará e fiz esse balanço ontem à ministra chefe da Casa Civil, Erenice Guerra, em Brasília.

Durante a audiência, apresentei os resultados do Pará na área de desenvolvimento e na transformação dos recursos naturais em produtos industrializados. E como um investimento chama outro, quando as empresas perceberam que, com a siderúrgica de Marbá, vamos transformar o minério de ferro em vergalhões de aço, os investidores resolveram montar em Castanhal, a 70 quilômetros de Belém, uma empresa para produzir vagões de trem. É mais emprego, é mais desenvolvimento ao povo do Pará e a ministra parabenizou a condução do nosso governo.

É claro, aproveitei para convidar a ministra e o presidente Lula para o lançamento do Programa de Aceleração do Crescimento do Estado do Pará - o PAC-Pará, programa que nasce com investimentos de R$ 4 bilhões do Tesouro estadual e de financiamentos. Para que o governo do Pará possa pavimentar, recuperar e melhorar o tráfego urbano e rural de todo o Estado.

366 - Informei a ministra sobre a aprovação, pela Assembleia Legislativa do Pará, da autorização sem restrições ao empréstimo de R$ 366,7 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), recursos liberados pelo governo federal para compensar perdas de arrecadação provocadas pela crise financeira internacional.

Por decisão da Assembleia Legislativa, os municípios receberão 51% dos recursos; 33% serão destinados a obras de infraestrutura; 4,5% ao governo estadual e 11,5% para a Assembleia Legislativa, para aplicação em obras indicadas pelos parlamentares através de emendas.

Vitória do povo e do diálogo! Voltei feliz para Belém e hoje a agenda de atividades está tinindo, como diria o governador Hélio Gueiros.

2 comentários:

Pedro D. H. disse...

Parabens ana! Os recursos serão muito importantes para o nosso pará.

Augusto Cezar Wankguegheski disse...

É isso ae ANA... Vamos mostrar serviço, pq o Pará nunca parou no teu governo como eles dizem... Chicote nos traíras Ana...
TE AMO MINHA GOVERNADORA!