Pesquisar este blog

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Santa Casa é o maior banco de leite humano

Mais uma boa nova pra gente comemorar neste 2 de junho: a Santa Casa foi reconhecida como a instituição com o maior banco de leite humano (BLH) do país, dentre as 266 instituições de saúde cadastradas na rede brasileira.

Até abril deste ano, o BLH da Santa Casa já coletou mais de 1600 litros de leite humano. Comparando os números registrados até o momento, se a Santa Casa representasse um estado brasileiro seria o 4º colocado em arrecadação no país, ficando atrás apenas de Distrito Federal, São Paulo e Paraná.

E além banco de leite humano da Santa Casa, o Pará possui mais dois bancos de leite: um em Bragança e outro em Santarém.

Esta semana a Santa Casa recebe profissionais da Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano, vinculado à Fundação Oswaldo Cruz (RJ), para reciclagem e capacitação de funcionários que trabalham em bancos de leite humano (BLH) no Estado. A qualificação é realizada em parceria pelo Ministério da Saúde e Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (Sespa).

O Banco de Leite Humano da Santa Casa foi criado em 1987 e é um centro especializado, responsável pela promoção do incentivo ao aleitamento materno e execução das atividades de coleta, processamento, controle de qualidade e distribuição do excedente de leite humano das mães doadoras para recém-nascidos que não podem mamar no seio materno.

Um comentário:

Ministério da saúde disse...

Olá blogueiro,

Dê ao seu filho o que há de melhor. Amamente!

Quando uma mulher fica grávida, ela e todos que estão à sua volta devem se preparar pra oferecer o que há de melhor para o bebê: o leite materno.

O leite materno é o único alimento que o bebê precisa, até os seis meses. Só depois se deve começar a variar a alimentação.

A amamentação pode durar até os dois anos ou mais.



Caso se interesse na divulgação de materiais e informações sobre esse tema, entre em contato com comunicacao@saude.gov.br

Obrigado pela colaboração!

Ministério da Saúde