Pesquisar este blog

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Radional II e Allan Kardec: o início de muitas lutas e vitórias

  • Um dia de muitos carinhos em crianças
  • muitas fotos com os moradores da Radional II

  • O apoio de vereadores e o abraço carinhoso das crianças


  • A energia alegre da comunitária Joana d'Arc (de blusa preta), muito aplaudida

  • e o clik de quem deseja guardar os momentos de alegria
  • Na caminhada repleta de energia, as crianças foram a festa. (Fotos do blog Daniel, Lidiane, Sílvio e Liza)

Estive ontem,11 de janeiro, na Radional II e no Centro Allan Kardec, nos limites da Condor e Jurunas, dois bairros de Belém.Tanto na Associação da Radional 2 como no Centro Comunitário Allan Kardec, entreguei infocentros, um em cada área, de um total de 26 que estão sendo entregues em janeiro em Belém.

A Radional 2, que fica bem ali, beirando a Bernardo Sayão, me traz recordações do início da minha militância política pelo direito de morar. Era bem jovem, mas já compreendia que ninguém é feliz sozinha e que é preciso juntar os nossos sonhos com outras pessoas para então transformá-los em realidade.

Essa busca por um mundo melhor para todos e todas me levou a militar pelo direito de morar, por cidadania e no MMCC-Movimento de Mulheres do Campo e da Cidade, no movimento sindical, bancária que sou. Na Radional revi velhos companheiros como Humberto Cunha, Branco.

Lembrei que, como vereadora, fui a voz pública das várias lutas do povo da Radional. Como vice-prefeita de Belém e secretária municipal de Urbanismo, estive à frente do serviço de bloquetes das ruas, para que as famílias não pisassem mais na lama.

Já como governadora, estive na Radional no final do ano passado para entregar a centenas de moradores o papel que lhes dá o direito de uso da terra, a certeza de que dali, ninguém vai tirá-los e que eles podem, finalmente dizer: este cantinho é meu!

E neste 11 de janeiro, entregar dois infocentros naquelas áreas de tantas lutas, só confirma que a caminhada juvenil na construção do sonho coletivo estava certa. E que, com o povo ao nosso lado e um modelo de desenvolvimento em que as pessoas e seus sonhos estejam incluídos, é possível superar os obstáculos, transpor os desafios e, a partir do governo, gerar oportunidades em especial aos que mais precisam e que sempre foram esquecidos.

Da Radional II e do Centro Allan Kardec fui direto ao programa de entrevista do Mauro Bonna, na RBA. Convicta de que o Pará está no rumo certo!

7 comentários:

Flávio Costa disse...

Gostaria de parabenizá-la pela entrevista de ontem no Mauro Bonna.
O jornalista sarcástico, não conseguiu lhe persuadir.
Um abraço.

Blog Ana Júlia disse...

Obrigada,
também gostei da entrevista.
abraço

Cássio disse...

Em post anterior, Maria Aparecida enfatizava o caráter de inclusão social na criação dos infocentros. A expansão dos espaços de apoio à internet para além do papel de lan houses - o que efetivamente os infocentros não são - é o que expressa o norte de inclusão social que o governo do Estado tem procurado efetivar nessa expansão. Some-se a isso, a articulação de políticas públicas voltadas ao segmento juvenil enquanto tentativa concreta de enfrentamento à exclusão a setores de grande vulnerabilidade social. Portanto, a construção de uma rede virtual no estado, e particularmente na metrópole, pode contribuir em muito à composição de uma estrada de acesso virtual que integra a urbe em seus múltiplos espaços, oferencendo sentido completo ao significado de investir em pessoas. Aí reside o norte de concretude ao que os arautos do caos insistem deformar pela reprodução midiática de um Pará perdido, sem rumo e sem obra, naquilo que a impaciência leviana emite em seus tambores de guerra.

Blog Ana Júlia disse...

Cássio,

hoje foi um dia de muita alegria pra mim, pois vi a emoção das famílias que receberam seus títulos de uso da terra no Guamá e da rede de inclusão social feita tanto na entrega dos títulos, como na entrega dos infocentros.
A mudança está acontecendo, graças a Deus.
Obrigada pela vista, pelo comentário e volte sempre.
abraços

Marlon George disse...

Parabens pela entrevista no Argumento. As respostas foram dadas tranquilamente, passando confiança para a sociedade. Muitos projetos de seu governo a populaçao nao sabe. O que falta e mais divulgaçao. Continue assim olhando para o lado social.

Blog Ana Júlia disse...

Marlon,

obrigada pela visita. Volte sempre.
Nos ajude a divulgar o que o governo vem fazendo, essa rede poderosa de comunicação que é a voz do povo faz a diferença na hora de se falar a verdade.
Conto com você.
Abraços

xanddy disse...

Boa Tarde!
No proximo dia 11,de Agosto.Haverá a inauguração do ponto de acesso do programa do Navega Pará no centro comunitário Alan Kardec no bairro da condor.Eu fique muito feliz com essa iniciativa do governo Ana Julia para com o povo mas carente e nessecitado dessa região.E eu como morador dessa região tambem fui previlegiado com essa inclsão Digital.
Muito obrigado govervadora Ana Júlia.
E Parabéns pela essa iniciativa.
E Boa sorte pela sua releição.

Alexandre Brito.