Pesquisar este blog

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Mais 60 municípios vão ter casas populares

60 municípios com até 50 mil habitantes serão beneficiados com a construção de 4.010 casas populares de uma sala, dois quartos, cozinha,banheiro, área de serviços e área útil com até 32 metros quadrados. Os municípios pleitearam recursos e foram selecionados pelo Ministério das Cidades para integrar o Programa Minha Casa Minha Vida, do governo Lula.

Os municípios com até 20 mil habitantes receberão subvenção para a construção de 30 moradias. Já os municípios com população entre 20 e 50 mil habitantes ganharão recursos para a construção de 60 unidades cada, sendo que alguns municípios conseguiram aprovar mais de um projeto habitacional.

Pra construir essas habitações, estamos investindo cerca de R$ 74 milhões para a construção de 4.010 unidades habitacionais, sendo que R$ 61 milhões são recursos da União e mais de R$ 13 milhões em contrapartida do Estado, através do programa Habitar Melhor.

Os 60 - Assino logo mais termos de cooperação com as prefeituras destes 60 municípios: Abel Figueiredo, Água Azul do Norte, Almeirim, Anapu, Augusto Corrêa, Baião, Bannach, Bom Jesus do Tocantins, Bonito, Brejo Grande do Araguaia, Cachoeira do Ararí, Canaã dos Carajás, Colares, Concórdia do Pará, Conceição do Araguaia, Curuçá, Floresta do Araguaia, Garrafão do Norte, Goianésia do Pará, Igarapé-Açu, Ipixuna do Pará, Irituia, Itupiranga, Jacareacanga, Magalhães Barata, Maracanã, Marapanim, Medicilândia, Nova Esperança do Piriá, Nova Timboteua, Novo Progresso, Ourém, Ourilândia do Norte, Pacajá, Palestina do Pará, Pau D'Arco, Peixe-Boi, Ponta de Pedras, Portel, Porto de Moz, Primavera, Quatipuru, Rio Maria, Rondon do Pará, Santa Cruz do Arari, Santa Luzia do Pará, Santa Maria das Barreiras, Santa Maria do Pará, Santarém Novo, Santo Antonio do Tauá, São Domingos do Araguaia, São João da Ponta, Soure, Tomé-Açu, Tracuateua, Trairão, Ulianópolis, Uruará, Vigia e Conceição do Araguaia.

Fico muito feliz em fechar as atividades deste dia assinado esses termos de cooperação e poder dizer que em 44 anos de existência, a Cohab atendeu 72 mil famílias. E que, em apenas 3 anos do nosso governo, já começaram obras que vão atender 35 mil famílias.

Ou seja, em 3 anos, a metade do que se atendeu em toda história da Companhia de Habitação do Pará.

É assim que vai avançando a mudança que melhora a vida das pessoas.

Um comentário:

Ubirajara disse...

Impressionantes os números, Governadora! Orgulho-me em fazer parte de sua gestão. Levo a seu conhecimento que estamos trabalhando com muito empenho na SEAD, fazendo o possível e o impossível com a chance que foi dada a nós concursados com cargos de confiança. E espero logo logo que também possamos contribuir com números desta ordem.