Pesquisar este blog

quarta-feira, 7 de julho de 2010

Em 7 anos, mais jovens negros entraram nas universidades do que nos últimos 20 anos

O governo Lula implantou o sistema de cotas para negros e pardos nas universidades federais brasileiras em 2004, na Universidade de Brasília (UnB). Na época, menos de 2% do percentual de estudantes universitários brasileiros eram negros, apesar de representarem mais de 46% da população brasileira. Hoje, já são quase um milhão de estudantes negros em cursos superiores e 17 universidades federais mantém sistema de acesso por meio de cotas.

Pesquisa realizada pelo Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia (INCT) indica que, durante os últimos sete anos, mais jovens negros ingressaram em universidades públicas do que nos vinte anos anteriores. Para o militante do movimento negro, Paulo Ramos, “as oportunidades para a juventude negra foram ampliadas durante o governo Lula em função das políticas sociais”.

Leia todo o artigo aqui, no sítio do PT.

Um comentário:

Daniel disse...

governadora, me chamo Carlos Daniel; sou portadodor de necissidade especiais ja tentei de tudo a anos tentar entrar em contato com a senhora e vejo nesta um meio de me comunicar,a anos atraz concorrir a uma vaga no emater-Pará e passei em 3 lugar, no referido concurso,mas fui desclassificado por perder a chamada pelo prazo quando saiu pelo diário oficial pois não acompanhei a chamada.O que me causa estranhesa que durante o periodo da chamada fiquei ligando semanalmente inclussive com ajuda de funcionarios do EMATER de marapanim lugar onde trabalho pra prefeitura de referido lugar,a resposta sempre era a mesma que era pra eu aguardar mesme dando todos meus dados referente ao concurso sinto que fui passado pra traz não tenho possibilidade de pagar um advogado peço ajuda a senhora sei que tens um bom coração gostaria de me esplicar pessoalmente a quem a senhora indicar para me ajudar meu email danielcoutinho28@hotmail.com peço ajuda governadora sei que podera me ajudar