Pesquisar este blog

sábado, 17 de julho de 2010

A importância da família

Hoje em Marabá tive um encontro enriquecedor e caloroso com dezenas de famílias durante o Encontro com lideranças da Assembléia de Deus do Sul e Sudeste do Pará.


Fiz questão de falar sobre a importância da família e o papel da base estrutural que ela tem para assegurar direitos, dignidade e resgatar aqueles que se perdem.

Nós fazemos a nossa parte quando trazemos empreendimentos para a região, a exemplo dos empregos que são gerados a partir da transformação do ferro em aço. Garantir para as famílias paraenses um resgate da cidadania é sem dúvida o momento do Estado resgatar pessoas. E esse é meu principal compromisso.

Deixo algumas reflexões:

“A família está na base social da humanidade. Até mesmo quando se decompõe uma sociedade, o que se acha como resíduo final não é a pessoa, mas a família”

“Não tenham medo dos nossos inimigos. Lembrem como Deus , o Senhor, é grande e terrível e lutem pelos seus pais, pelos seus filhos, suas esposas e seus lares (Neemias 4:14 b)”.

4 comentários:

Anônimo disse...

Seja consciente não venda Seu voto. Ele é a democracia é seu direito e dever como cidadão. Vote e lute por um Pará melhor.

Aceleraaaaaaaaaaaaa minha Governadora

Anônimo disse...

ESTOU MUITO ENTUSIASMADO. ESSE TEMA É SEMPRE CONTROVESSO. FALAR DE FAMILIA É FALAR DA MUNHA TAMBÉM. PASSAMOS BAIXOS E ALTOS, MAS ESTAMOS INDO EM FRENTE.
"ABENÇOA SENHOR AS FAMILIAS, AMÉM. ABENÇOA SENHOR A MINHA TAMBÉM".
Ariosvaldo

bianca disse...

senhora ana julia eu gostaria de saber urgente sobre a volta dos ex militares do pará como é que está o andamento ? meu pai é um deles e mais um injustiçado . por favor deme uma resposta obrigado!

Blog Ana Júlia disse...

Bianca,

Bom dia,

Estamos analisando e verificando os que têm respaldo legal para retornar e que tenham ainda possibilidade de trabalhar.

Alguns casos podem se enquadrar, mas muitas situações não se enquadram mais e não posso cometer ilegalidade.

Envie um e-mail dando o nome completo do seu pai.

Grande abraço,