Pesquisar este blog

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

30 anos depois, Tocantins todo navegável

Com imensa alegria vou receber o presidente Lula  e a nossa presidenta eleita, Dilma, hoje em Tucuruí, às 13:30. Vou recebê-los no aeroporto, juntamente com o prefeito de Tucuruí, Sancler Antônio Wanderley Ferreira. 

Nosso presidente volta mais uma vez ao Pará para entregar mais uma grande obra ao povo paraense: desta vez, a inauguração das eclusas de Tucuruí, que abre um corredor hidroviário no rio Tocantins. E devolve ao rio a total navegabilidade. Um sonho de mais 30 anos.
A inauguração das eclusas viabiliza a implantação da Hidrovia Araguaia-Tocantins, ligando o porto de Belém à região do Alto Araguaia, no Estado do Mato Grosso, numa extensão de aproximadamente dois mil quilômetros. E permitirá também o escoamento de nossas riquezas minerais, e da produção industrial do aço da siderúrgica ALPA-Aços Laminados do Pará, de Marabá. A ALPA representa um investimento de R$ 3,3 bilhões e a logística está inteiramente baseada no modal hidroviário.

25 Maracanãs - A obra impressiona pela grandiosidade. O volume de concreto usado na obra seria suficiente para construir 25 estádios de futebol do tamanho do Maracanã. São duas eclusas, com 210 metros de largura e 33 metros de comprimento cada – ligadas por um canal intermediário de 5,5 quilômetros – que permitirão apassagem de comboios de até 19 mil toneladas. Assim, esses comboios farão, sem dificuldade, o percurso de 445 quilômetros entre os portos paraenses de Vila do Conde e Marabá.
Até agora, estes comboios carregados de minério precisavam navegar de Marabá a Tucuruí. Lá, realizavam o transbordo para caminhões e, logo depois do desnível de 74 metros, a carga voltava a ser transportada pelo rio até os portos de Belém e Vila do Conde.
Com a conclusão das eclusas, o transbordo deixa de ser necessário e a viagem ficará mais curta. O que resulta em redução de custos.
Até 2025, segundo o planejamento do governo federal, 29% de todo o transporte brasileiro será efetuado por hidrovias, meio que polui menos e reduz custos de transporte, tornando os produtos mais competitivos no exterior. Atualmente, apenas 13% da carga no país é transportada por via fluvial.

Leia mais aqui e aqui.

E também aqui.
Atualizado às 07:40 do dia 30: para atualizar a data de hoje e incluir no artigo o nome da nossa querida presidenta Dilma que também estará no evento. O que muito nos honra e alegra.

4 comentários:

Anônimo disse...

Orgulho de ser PT.

Guilherme disse...

Precisávamos ter governos realmente comprometidos com a Nação brasileira para que pudéssemos ver realizado um sonho de décadas de promessas eleitoreiras e de atraso para o nosso Pará e para o Brasil. Parabéns Presidente, parabéns Governadora e parabéns a todos nós brasileiros por mais este passo rumo ao nosso merecido lugar dentre os Países considerados desenvolvidos. O futuro está em nossas mãos.

Anônimo disse...

QUICÁ A SRA.NÃO TIVESSE UM MONTE DE ASSESSORES INCOMPETENTES (PUTY, MARCÍLIO, FLOR, ETC...) TERIA SE REELEGIDO. A SRA. FEZ UM BOM GOVERNO SIM, O PROBLEMA FOI O ENTORNO. DA PRÓXIMA, SE DESLIGUE DESSAS PESSOAS. TOU COM VC NA PRÓXIMA ELEIÇÃO, ATÉ MAIS!

Célia disse...

Parabéns a nós todos , mas... mais pra a governadora que ousou e fez!
Aos paraenses deixo o meu desabafo...perdemos por ignorância a portunidade de manter essa mulher guerreira no governo...
Ainda bem que elegemos Dilma, nossa preidenta, que velará pelo nosso Pará!!