Pesquisar este blog

sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Feliz 2011 e obrigada, povo do Pará!


Último dia do ano e último dia como governadora do meu Estado, agradeço, honrada, ao povo do Pará por ter me dado a preciosa oportunidade de governar e melhorar a vida dos que mais precisam.

Tenho a consciência tranquila que fiz tudo o que estava ao meu alcance para criar condição de igualdade, de oportunidades aos que mais precisam. Atravessei o governo com crise, sabotagens e com todos esses percalços, governamos para os mais necessitados.

O Pará sai da condição de mero exportador de riquezas minerais para verticalizar sua produção e gerar emprego e renda ao pvo do Pará. Estamos deixando ao novo governo que inicia amanhã, grandes siderúrgicas na área do minério; na agricultura, um pólo de biodiesel; na área da madeira, uma fábrica de MDF. E um Parque Tecnológico de primeira linha. Sem contar que chamamos mais de 35 mil concursados e beneficiamos a juventude com mais de 80 mil Bolsas Trabalho.

Aprendi muito nestes quatros anos, aprendi muito com a generosidade do povo paraense e deixo o Pará melhor e com tantos investimentos que a previsão é de 120 mil empregos nos próximos quatro anos. 

Vou passar a faixa ao governador eleito e em seguida viajo para Brasília, pra acompanhar a parte final da posse da minha companheira presidenta, Dilma Rousseff.

Ao povo do meu Pará, ao meu Partido, o PT, aos aliados, militantes, amigos, companheiros e companheiros, blogueiros, tuiteiros, meu muito obrigada.  A luta continua!

Deixo a vocês, um pouco da poesia de Mário Quintana e meus votos que 2011 seja um ano de Paz e vitórias!
 

....

"O Ano Novo ainda não tem pecado:
É tão criança...
Vamos embalá-lo...
Vamos todos cantar juntos em seu berço de mãos dadas,
A canção da eterna esperança."

 

(Mário Quintana)

7 comentários:

Anônimo disse...

Ana Júlia, nós só temos a agradecer à senhora por esses 4 anos. Graças a esta gestão que o Pará pôde começar a deixar para trás o seu passado colonial, que foi possível começar a valorizar o pobre como gente, através dos programas sociais de nível estadual; foi só este governo que tratou a questão da divisão do estado como coisa séria: fazendo obras nas regiões que mais precisam e mostrando que a unificação territorial do Pará não consiste em repressão midiática, e sim em presença do poder público nos municípios tradicinalmente abandonados por "governadores nascidos em Castanhal".
Não fosse este governo, não saberíamos o que é ter polo de tecnologia para valorizar os produtos amazônicos. Aos que tanto falam que não devemos exportar castanhas puras mas sim embaladas e prontas para consumo, vejam que Ana Júlia começou essa batalha.
Começou a batalha contra o alto custo dos transportes aqui dentro, conseguindo a hidrovia do Rio Tocantins, com a desobstrução na UHE Tucuruí; garantiu a compra de produtos rurais a pequenos agricultores e deu casa a quem nada tem, entre várias outras vitórias.

Ana Júlia, perdoe esse povo. A democracia passa por constantes erros e acertos: muitas vezes as pessoas são fracas, são levadas por por outras e pela mídia a tomar decisões de difícil reversão. A eleição do Collor em 1989 foi um exemplo disso.

Acompanho sua trajetória desde a década de 90 e sei da sua vontade de construir, acompanhei sua luta pelas campanhas contra o escalpelamento, em favor da vida dos bancários (portas giratórias), divulgação de nossas frutas no Senado Federal, enfim. Não desista, muitas eleições vêm por aí e a senhora pode ter certeza absoluta de que milhares e milhares de pessoas neste Parazão se lembrarão deste governo que começou a quebrar os grilhões da nossa história de colonizados e reconhecer que aplicar em obras de longo prazo é para poucos corajosos, para visionários como a senhora. Carregue no coração o carinho dos que lhe admiram.

Feliz 2011!

Anônimo disse...

Sra. Governadora,

O povo do Pará é quem agradesse pela sua primeira passagem a frente do Estado.

Pesoalmente,tive uma experiência ímpar na Casa Militar, uma fase que ficará marcada para sempre em minha vida.

Neste período, vi a transformação acontecer de perto na vida das pessoas, sofrimentos foram cessados e a alegria tomou conta dos homens e mulheres que tiveram antigos problemas resolvidos.

No próximo dia 03/01, eu estarei voltando para a Polícia Militar, irei desenvolver um trbalho voltado para os mais carentes, basaado em sua forma de governar.

Por fim, só tenho a agradecer a V. Exa e ao Cel Pantoja Jr pela oportunidade. Rogarei a Deus que sua vida seja sempre abençoada.

Um abraço.

IR

bernarda vitória disse...

eterna companheira,

obrigado por tudo , por ter acreditado que é possível construir um estado melhor para todos e todas.
a democracia é isso mesmo, nem sempre quem vence representa de fato os anseios do povo.deixas uma nova fase no pará. a fase do povo no poder, e esse mesmo povo há de reconhecerisso. sempre serás lembrada como a nossa guerreira e a estrela do pará. descanse, avalie e retorne para continuar as verdadeiras mudanças que o nosso grande estado merece. que deus abençoe toda tua parentela e abra novos e merecidos caminhos de vitória.
um abraço

Aliene Ribeiro disse...

Nós é que agradecemos a oportunidade de viver um Governo Popular em nosso o Estado. Termos tido da chance de presenciar momentos históricos, como por exemplo, a inauguração do primeiro infocentro(centro de internet gratuita) em uma aldeia indígena do Brasil, como em Tucurui na aldeia Praia do Mangue e tantos outros momentos que ficarão marcardos em nossos corações e mentes. Fica a sensação do dever cumprido e a vontade de continuar lutando por uma sociedade mais igualitária, justa e feliz!!! A luta continua companheira!!!
Bjo no teu coração,
Aliene Ribeiro - Lilika

Anônimo disse...

como vovo ja dizia!!!

cuidado caldo de galinha nao faz mal a ninguem........ fala pra presidenta dilma; pra ela tomar cuidado com o PMDB aqui do Para; pois deste 300 cargos e no final do nosso governo eles fizeram que nem aquele ladrao que estava perto da cruz de jesus cristo!!!!!!""se es reis salva ati mesmo" olha no que deu!!!!!

outros outubros virao!!!

Assessoria de Comunicação disse...

Companheira Ana.. estive sempre de longe mas perto ao mesmo tempo.. nos campos de batalhas da politica. vi tudo o que aconteceu, participando e dizendo como deveria ser. no entanto vi que fomos vitima da cruel soberba de alguns companheiros, espero que agora alguns que tem um mandato não percam de vista companheiros que ainda luta em nome do PT.. abraços... Robson Messias

Assessoria de Comunicação disse...

veja na posse da Dilma... www.nortevipcom.blogspot.com